quinta-feira, 21 de julho de 2011

100 a 300 dependendo do calibre

Tivesse acesso ao documento que está aí ao lado hoje. Ele mostra que efetivamente a campanha do governo para o desarmamento tem a adesão daqueles que pensam como o governo. A arma entregue neste caso foi um revolver calibre 38 que era herança do pai do professor que entregou a arma na DPR em Ijui. De posse do documento ele foi ao banco e mediante uma senha fez imediatamente a retirada de 100 reais de indenização pela arma. A indenização poderá chegar a até 300 reais dependendo do calibre e tipo de arma entregue. No rio grande do sul são Mil 246 postos novos de recebimento de armas instalados nas sedes da policia federal ou da policia civil. O custo da campanha do governo federal é de 10 milhões de reais. Na região da 26ª DPR são dois pontos de recolhimento. A intenção do governo é diminuir o número de armas que estão circulando no País nas mãos dos meliantes. Lembro que antes de levar sua arma que está em desuso à DP, é preciso entrar no site da policia federal para preencher uma guia de trânsito que é valida por um dia.
O governo com a intenção com a intenção de diminuir a criminalidade, está pagando para que cidadãos adotem o desarmamento.
Mas aí eu pergunto senhores. E A BANDIDAGEM que vai desarmar???
Entendo ser importante a campanha sim, mas também creio que ela nos põe cada vez mais a merce da ação daqueles que vivem em desacordo com a lei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário