sexta-feira, 5 de agosto de 2011

O Demasi não vai

Foi acordado na reunião das comissões desta sexta feira, que o projeto que institui o departamento municipal de saneamento de Ijui não será votado pelo menos nas próximas duas semanas. Ainda há muitas duvidas por parte dos vereadores e também dos servidores da corsan. São quatro os caminhos segundo os vereadores. Terceirização dos serviços, o que está descartado, gestão compartilhada num contrato de 30 anos, renovação da concessão da corsan, ou em ultima instância a municipalização. Há informações de que o contrato proposta apresentado pelo município tem ainda pequenas divergencias por parte da direção da corsan a serem acertadas. Na essencia o contrato estaria aprovado. Os vereadores estão defendendo a busca de mais informações para diminuir as chances de erro. E admitem terem nesta sexta feira, sentado, eles os vereadores, para discutir a primeira vez o tema com profundidade. Para esclarecimentos devem ir a câmara na segunda feira o gerente local da Corsan Edison de Oliveira, o diretor do sindiágua Sadi Xavier e o engenheiro da corsan Marcos Finamor. A reunião terá inicio as 16Hs.
O estudo desenvolvido pelo diretor do setor de recursos hidricos da UFRGS Dieter Wartchow custou 120 mil reais e até agora os vereadores não conseguiram chegar ao consenso. Na OUTRA segunda feira dia 15 deve vir a Ijui o presidente estadual da Corsan para discorrer sobre a proposta apresentada pelo município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário