sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Cheirando a Pizza...

A audiência com os secretários de obras Nelson Copetti e de desenvolvimento rural Julio Gabbi, serviu para a comissão parlamentar de inquerito da câmara de vereadores ouvir a negativa a todas as informações contidas na denuncia envolvendo as pastas. O presidente da chamada CPI do cascalho Vereador Marcos Barriquelo disse a este reporter que os secretários negaram tais acusações e disseram que há controle rigido das saidas e chegadas de máquinas, bem como quilometragem percorrida para realização de ações. Quanto ao combustivel admitiram, segundo Barriquelo, que uma caminhonete F-1000 é utilizada para deslocamento às localidades onde as maquinas estão trabalhando com galões de combustivel de 200 litros. Há, segundo os secretários, controle de saída de combustivel. A CPI dá agora o próximo passo e fará na próxima semana novos encontros, um com o delegado que investiga as denuncias, já que há inquérito instaurado na policia civil e outra audiência, desta vez com servidores das secretarias, para que eles sejam também indagados.
Sobre as cargas de terra, os secretários também disseram não ter conhecimento das cobranças para entrega que supostamente estariam sendo feitas por servidores.
Resumo da opera. Até aqui nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário