quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Está tudo claro agora...

E o TAC, termo de ajustamento de conduta dos CCs entre câmara de vereadores e o ministério público vai mesmo ser assinado só pelo proximo presidente do legislativo. Luis Tito Varaschini, parecia um sabonete nesta semana, e conseguiu jogar a responsabilidade para o presidente vindouro. Seja ele quem for , este segundo Felipe Teixeira Netto terá como primeiro compromisso assinar o TAC na terça ou quarta feira da próxima semana. O promotor ao falar com este reporter disse que não há como jogar o trabalho de um semestre inteiro no lixo, e o acordo terá de ser assinado, sob pena de o MP encaminhar a peça para a via judicial. Netto comentou que o TAC prevê SEIS CCs para a mesa, e ainda 10 cargos em comissão que ficarão ociosos até a próxima legislatura que começa em 2013, quando a câmara terá 15 vereadores.
Uma das perguntas que não quer calar, é se o promotor irá achar o próximo presidente imediatamente a sua eleição para firmamento do acordo????

Nenhum comentário:

Postar um comentário